Mídias digitais: Quais as vantagens para a indústria?

Você provavelmente já acessou ou está acessando uma mídia social nesse exato momento, certo?Afinal, nos dias de hoje é praticamente impossível conhecer qualquer pessoa que não tenha acesso a pelo menos, uma página de qualquer tipo de rede social, seja Instagram, Facebook, Twitter, Youtube, TikTok ou qualquer outra. 

 

Essa “febre” tomou conta da maioria das pessoas, e é considerado quase como um pré requisito nos dias de hoje, a não pense que elas só servem para ver memes, notícias e interagir com outras pessoas, elas acabaram se tornando um ótimo portal de vendas, com produtos diversificados como um armário de aço 2 portas, e principalmente, são consideradas cruciais para qualquer empresa que deseja melhorar sua divulgação. 

 

As mídias digitais melhoram e muito, o relacionamento com o cliente, mas isso não se limita apenas às empresas e ao mercado B2C, o B2B também entra nessa onda. Cada vez mais indústrias utilizam as mídias para alcançarem seu público e ganharem ainda mais efetividade. 

 

Se você ainda tem um pé atrás com essa forma de comunicação, no texto de hoje iremos mostrar todas as vantagens que uma indústria pode ter ao utilizar as mídias digitais, preparado para descobrir quais são? Então vamos lá!

 

Aumenta seu alcance

 

Mais de 70,3% da população brasileira está presente nas redes sociais, são mais de 150 milhões de usuários registrados, enquanto mais de 152 milhões de pessoas tem acesso à internet no país, ou seja, a probabilidade de encontrar quem você deseja é muito maior utilizando essa estratégia. 

 

Essa popularização das mídias, faz com que, ter uma página para sua indústria seja garantia de aumentar seu alcance, atingindo um número muito maior de pessoas e fazendo com que, cada vez mais, conheçam o seu negócio, afinal, o mundo está cada vez mais online e garantir sua presença dentro dele, facilita a divulgação da sua luminária de emergência. 

 

Chega na pessoa certa da maneira certa

 

Além de aumentar o seu alcance e fazer com que sua indústria seja mais vista, as mídias digitais ajudam você a chegar na pessoa certa e da maneira certa, através delas, você pode realizar uma segmentação muito mais assertiva em relação ao seu público, chegando nele de maneira mais eficiente. 

 

É possível criar anúncios, conteúdos e diversas outras ferramentas direcionadas para quem realmente possui interesse na sua área de atuação, dessa forma, além de aumentar o seu alcance você também consegue abordar as pessoas certas, na hora certa e da forma certa.

 

Facilidade para mensurar resultados

 

A internet é um prato cheio para quem gosta de coletar e analisar dados, existem várias plataformas e softwares que auxiliam na coleta das informações e ajudam a saber melhor como anda os resultados da sua indústria. 

 

Você consegue compreender seus erros, acertos, possíveis mudanças, e qual caminho traçar dentro de suas estratégias, aumentando a facilidade de mensurar resultados e criando estratégias cada vez mais efetivas com base naquilo que você coletou. 

Melhora a interação com seu público

 

Sem as mídias digitais, é praticamente impossível estabelecer uma boa comunicação com seu público, tudo é na base antiga, com telefones, panfletos e outras estratégias, com essa tecnologia, é possível interagir de forma mais constante, mostrar as novidades e melhorar seu atendimento. 

 

Isso faz com que o seu relacionamento cresça de forma geral, mostrando um pouco mais sobre o seu segmento e estabelecendo um vínculo muito mais próximo e efetivo com seus clientes. 

 

 

Para se destacar no mercado de venda de mesa rústica de madeira, por exemplo, não basta apenas ter um ótimo produto, é preciso criar autoridade e reconhecimento, fatores que são facilmente conquistados através das mídias digitais. 

 

Com elas, é possível construir conteúdos e mostrar ao público, um pouco mais sobre seu trabalho, aumentando a sua autoridade e gerando uma certa autoridade relacionada a sua marca, que começa a se popularizar e ganhar destaque dentro do seu segmento. 

 

Essas foram algumas das principais vantagens das mídias digitais dentro das indústrias, se você ainda não utiliza elas na sua estratégia, que tal começar a usar? 

 

Não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários abaixo sobre o que achou do texto de compartilhar com seus amigos caso tenha gostado, até a próxima!

 

Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais. 

 

Confira 4 benéficos de vender online

Com o passar do tempo, as pessoas passaram a consumir cada vez mais do que a internet oferece a eles. A facilidade e rapidez é o que atrai cada vez mais os usuários para um negócio online. Afinal, quem não gosta de comprar sem sair de casa não é mesmo.

Com a pandemia do novo coronavírus, comprar um produto como bacias de contenção sem ter que sair de casa, deu aos empreendedores, uma maneira de manter seus clientes e aumentar ainda mais os que já possui. É importante saber como oferecer isso aos seus consumidores.

Read More

Como distribuir corretamente os seus produtos

A distribuição de produtos é um passo importante que, muitas vezes, passa despercebido, pois as marcas optam pela opção mais barata ou mais fácil, ao invés de elaborar uma estratégia de distribuição legítima. 

 

Neste texto, pediremos que saia de trás de sua mesa rústica de madeira, para entender tudo o que precisa saber sobre o tema, desde os conceitos básicos disso até suas diferentes estratégias. Então, se ficou curioso, continue com a gente!

 

O que é distribuição de produtos?

 

A distribuição implica em disponibilizar um produto para compra, colocando-o nos mais diversos locais. Envolve transporte, embalagem e entrega. A distribuição é fundamental para as vendas de uma empresa.

 

Um distribuidor é definido como alguém que compra produtos, os armazena e os vende por meio de um canal. Eles dialogam com fabricantes e varejistas ou consumidores, trabalhando em nome de uma determinada empresa, ao invés de se apresentarem. 

 

Normalmente, participam de relacionamentos colaborativos com clientes e fabricantes. Com essa boa distribuição, certamente sua marca terá um aumento na exposição e pode ter uma vantagem em termos de velocidade e eficiência nas vendas.

 

Conheça seus canais de distribuição de produtos

 

Um canal de distribuição refere-se ao fluxo de negócios que ocorre entre um fabricante e um consumidor. É o caminho que uma transação segue. Distribuidores são os intermediários que entregam e armazenam produtos que vão de armário de aço 2 portas a peças de carros. 

 

Em um canal direto, o produtor trabalha com o consumidor. E, por outro lado, incorpora intermediários ao fluxo de vendas. Ao procurar expandir para novos mercados ou mudar sua estratégia de distribuição, você precisa conhecer os diferentes níveis de distribuição.

 

Os três tipos de distribuição

 

As estratégias de distribuição dependem do tipo de produto que está sendo vendido. O truque é saber das metas que deve atingir para seu crescimento. 

 

Existem três métodos que descrevem como os fabricantes escolhem como pretendem repassar seus produtos. Então, insira uma espécie de Luminária de emergência e atente-se a cada uma:

 

  • Distribuição Intensiva: O maior número de pontos de venda possível. O objetivo é penetrar o máximo possível no mercado;
  • Distribuição Seletiva: Selecione pontos de venda. Isso, geralmente, é baseado em um bem específico, permitindo que os fabricantes escolham um ponto de preço com rendas de lucros interessantes, proporcionando uma experiência de compra mais personalizada. A distribuição seletiva limita o número de locais em uma área específica;
  • Distribuição Exclusiva: Isso pode significar qualquer coisa, desde marcas de luxo exclusivas a coleções especiais disponíveis apenas em locais ou lojas parceiras. Esse método ajuda a manter a imagem de uma marca e a exclusividade do produto. 

 

Channel e Ferrari são exemplos claros deste tipo de distribuição. No caso, uma marca pequena ou média, não terá condições de fazê-la, pois o risco vem, primeiramente, porque ela não é tão famosa e, segundo, porque os lucros não ultrapassam os gastos.

 

Agora, faça reuniões com os gestores e aponte quais desses três exemplos são os melhores para o seu dia a dia!

 

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

 

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais. 

Como aplicar a liderança empresarial

 

Qualquer um pode delegar tarefas, mas se quer ser um líder eficaz, precisará de mais do que isso. Os funcionários que trabalham com grandes líderes tendem a ser mais felizes, mais produtivos e mais conectados à sua organização.

 

Pensando nisso, montamos uma lista de dicas para você, que tem este sonho e almeja atingi-lo a curto ou médio prazo. Crie estruturas metálicas em sua carreira e siga conosco para um conteúdo fundamental!

 

Tenha uma comunicação honesta e aberta

 

Um dos elementos mais importantes da liderança eficaz é a criação de uma linha aberta de comunicação com os membros de sua equipe. A honestidade e a transparência devem servir de exemplo para todos ao redor, sejam eles do setor administrativo ou de montagem de Disco diamantado.

 

Quando você é responsável por pessoas, é importante ser direto. Sua empresa e seus colaboradores são um reflexo de você mesmo e, se tiver comportamento honesto e ético, estes terão somatórias fundamentais e sua equipe certamente o seguirá.

 

Além disso tudo, esses chefes são capazes de personalizar suas interações de comunicação para se adequar a cada situação e para cada membro da equipe com base nas preferências individuais. 

 

Isso significa que eles dedicam um tempo para descobrir qual o modo mais pertinente no dia a dia. Por exemplo: aquele grupo tende a ter um rendimento eficaz quando tem uma lista em mãos? Ou são ótimos ouvintes e estão interessados ​​no que os outros têm a dizer?

 

Conecte-se com os membros de sua equipe

 

Liderar um grupo de pessoas requer um senso de confiança e compreensão entre o líder e os membros de sua equipe. Para conseguir isso, você deve aprender a se conectar.

 

Ser um líder mais humano requer positividade, propósito, empatia, compaixão, humildade e amor (tudo isso, mas não necessariamente nesta ordem). Essas características o colocarão no caminho para conexões genuínas com todos, desde o funcionário que faz a Limpeza de Fossa, até o mais alto escalão.

 

Construir uma conexão real e pessoal com seus colegas é vital para desenvolver a confiança compartilhada. Com isso em mente, haverá uma forte cultura de responsabilidade e desempenho. 

 

Em resumo, a equipe pode alcançar muito sucesso, ser feliz e ir além do que todos estavam esperando.

 

Incentive o crescimento pessoal e profissional

 

Atuar como um apoiador é uma parte importante de ser um líder eficaz. Você deve reservar um orçamento, mesmo que pequeno, para se dedicar ao crescimento de seus funcionários. Ou seja, não olhe apenas para dentro, pois há uma micro sociedade em suas mãos.

 

Com opções tão variadas referentes a cursos online e offline, há uma ampla oportunidade de continuar aprendendo novas habilidades ou desenvolvendo ainda mais as existentes. Fortaleça seus funcionários para que reservem um tempo para aprender e difundir isso no dia a dia.

 

Este é um dos motivos para a retenção de talentos e o crescimento pessoal e profissional de todos. Agora basta tirar as ideias do papel e correr atrás deste sonho tão incrível que é o de gerir seu próprio time!

 

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

5 destinos incríveis no Brasil que você precisa conhecer

País esconde locais surpreendentes e acessíveis para todos os gostos

 

Com o dólar em alta, muitas pessoas estão investindo em viagens nacionais, dando valor aos lugares indescritíveis que o nosso país esconde estados adentro. As opções vão desde um resort com fontes termais, até paisagens únicas a céu aberto dentro de parques nacionais. 

Se você está planejando viajar nos próximos meses dentro do Brasil, mas ainda não sabe qual o melhor destino para viajar sozinho, com os amigos ou família, este conteúdo vai te ajudar com 5 destinos imperdíveis. Confira algumas dicas do que considerar antes e durante a viagem, e aproveite ao máximo sua estadia.

Dicas de como planejar uma viagem nacional

Uma das vantagens de viajar dentro do Brasil é não se preocupar com passaporte, pois é possível embarcar apenas com um documento de identificação oficial. No entanto, uma das desvantagens é que nem sempre os preços são mais baixos do que viajar para fora, ainda mais com o real desvalorizado. 

O primeiro passo para definir o seu destino, claro, é o orçamento. Uma viagem de avião exige mais orçamento que uma de ônibus ou carro, inclusive em viagens com mais pessoas. 

Definido o orçamento, deve-se considerar o tipo de estadia, tempo da viagem e custos de passeios. Assim você consegue criar um cronograma e aproveitar cada momento da viagem.

Felizmente no Brasil, é possível conhecer diversos destinos turísticos gastando pouco, aproveitando para conhecer diversas regiões próximas de uma vez. Confira 5 destinos brasileiros que agradam a todos os gostos, e que podem ser aproveitados em qualquer época do ano.

  1. Chapada dos Veadeiros

Localizado na região de Goiás, o Parque Nacional Chapada dos Veadeiros é um prato cheio para quem busca viagens relaxantes e repletas de paisagens naturais deslumbrantes. O parque abriga diversas quedas d’água, desfiladeiros e passeios que exploram a fauna e flora, em conjunto com programas de preservação ambiental.

A cidade de Alto do Paraíso é um dos principais locais de entrada ao parque, com opções de acampamentos, pousadas e resorts. O ideal é planejar os passeios com antecedência, pois alguns possuem custos determinados conforme a quantidade de pessoas e método de transporte dentro do parque.

  1. Lençóis Maranhenses

Repleta de piscinas naturais, dunas e clima de férias para toda a família, os Lençóis Maranhenses são procurados até mesmo por turistas internacionais. A região não possui opções de estadia, sendo necessário buscar hotéis ou pousadas nas cidades vizinhas. 

No planejamento, inclua gastos de transporte até as áreas de banho, alimentação e compras nas feirinhas de artesanato e produtos locais.

  1. Bertioga

Localizada no litoral paulista, Bertioga é uma cidade no meio da Mata Atlântica. As opções de passeio incluem o SESC Bertioga, que oferece estadia dentro da unidade, praias especialmente preservadas e a Riviera, que esconde casas com piscinas e espaço de sobra para aproveitar com a família e amigos.

A região oferece ainda passeios com programas de preservação, onde é possível avistar diversos animais que habitam os pedaços de mata fechada tão presentes na cidade.

  1. Belém do Pará

A capital do Pará é um destino obrigatório para quem busca um olhar aprofundado pela riqueza e diversidade da cultura brasileira. O Mercado Ver-o-Peso pode ser um choque de cultura para pessoas do Sul e Sudeste, com sua feira livre de pescados, a presença de abutres e programação musical em todos os dias da semana. 

 

O Mangal das Garças é um espaço ecológico localizado no centro histórico da cidade, com mirante para o lago repleto de fauna nativa, ideal para selfies que merecem TBT ao longo do ano.

  1. Olinda

Conhecida pelo seu carnaval colorido e com música tradicional, Olinda é uma viagem essencial para quem deseja conhecer o Brasil em detalhes. A arquitetura colonial e colorida rende fotos incríveis, e as igrejas barrocas e ampla opção de museus são um prato cheio para artistas e turistas que buscam uma programação cultural.

Conheça alguns problemas de pele comuns em pets

As doenças de pele estão se tornando cada vez mais comuns nos pets. Veja aqui dicas para combatê-las e saiba como evitar esse tipo de problema.

 

Atualmente, os problemas de pele em cães e gatos correspondem a cerca de 30% das origens do tratamento veterinário. Essas doenças ocorrem por diversos fatores, como alergias, higiene, produtos utilizados em casa e entre outros.

 

Abaixo, listamos alguns problemas de pele mais presentes nos pets para que você aprenda a identificá-los e saiba quando iniciar o tratamento de forma correta. 

Como evitar os problemas de pele no pet?

Antes de tudo, devemos sempre manter a higiene do nosso bichinho em dia. Os banhos não servem só para evitar problemas de pele, mas para qualquer outro tipo de doença, além, é claro, de deixá-lo com o pelo macio e cheiroso.

 

Além da higiene, também devemos estar atentos aos locais dos passeios. Locais com muita sujeira, lixo e coisas do tipo devem ser evitados. 

 

Outro local para se ter cuidado são as partes com muitas plantas e gramas, pois algumas delas podem ter carrapatos e elementos alérgicos para o pet.

 

Além disso, devemos ficar atentos aos produtos de limpeza que utilizamos em casa. Muitos cães e gatos são extremamente alérgicos a alguns desses produtos, e, por vezes, seus donos precisam utilizar alguns agentes que não sejam causadores de alergias no seu pet.

 

Por fim, o uso de pipetas, coleiras e produtos antipulgas, assim como os sprays, ajudam a combater a presença de alguns parasitas que podem causar esses problemas na pele e até mesmo agir como vetores de outras doenças.

 


Como são os problemas de pele dos pets?

Esta é uma pergunta menos fácil de responder, pois existem inúmeros problemas de pele que os pets podem sofrer, que vão desde alergias leves até alguns problemas mais graves. No entanto, se o problema for percebido no início, o tratamento será bem mais tranquilo.

 

É importante ter em mente que alguns desses problemas podem começar apenas com coceiras que aparentam ser normais. 

 

No entanto, as coceiras podem evoluir e, além de incomodar seu cãozinho ou gatinho, se transformar em lesões, podendo infeccionar e se tornar um problema grave.

Quais são as principais doenças de pele em cães e gatos?

Como os cães e gatos são os pets mais populares, listamos abaixo as principais doenças de pele que eles costumam sofrer. Leia atentamente para poder identificá-las e saber como tratar, se necessário.

1. Alergia

A alergia é de conhecimento de todos, afinal, até mesmo os humanos lidam com esse “incômodo”. 

 

A alergia no pet também pode ser causada por um número infinito de possibilidades, desde a ração que ele se alimenta todos dias até mesmo o ar.

 

Geralmente, a alergia causa coceira em áreas específicas e deixo os olhos avermelhados. Caso esses sintomas sejam notados, é importante levar o bichinho ao veterinário para que a coceira não gere lesões no corpo do animal.

2. Sarna

Essa doença também é bastante conhecida pelas pessoas por conta da sua capacidade de transmissão entre as espécies. No entanto, devemos saber que existem dois tipos de sarna: a sarna demodécica e a sarna sarcóptica.


A sarna demodécica tem como principal sintoma a queda de pelo na região próxima dos olhos do animal.

Por sua vez, a sarna sarcóptica possui como sintomas a queda de pelos, vermelhidão e criação de crostas na pele. Esse tipo de sarna é mais grave e também é transmissível aos seres humanos.

3. Foliculite

Essa doença também tem como características a criação de crostas na pele que parecem feridas.

 

Por vezes, essas crostas podem aparecer em todo o corpo, mas, dependendo da situação e do nível da doença, elas ficam mais privadas a algumas regiões do corpo do bichinho, como na virilha.

 

Para tratar a foliculite é necessário levar seu pet no veterinário, pois após o exame em todo o corpo, o profissional poderá analisar o nível de infestação e assim indicar os produtos necessários.

 

Geralmente o uso de shampoos, hidratantes e antibióticos solucionam o problema.

4. Micose

Também bastante conhecida por conta do alto nível de transmissão entre animais e humano, a micose é uma das doenças de pele que mais acometem os nossos pets.

 

A micose é causada por um fungo que também acomete seres humanos. A coceira causada pela micose gera vermelhidão na área afetada, além da perda do pelo e algumas manchas que também podem ser encontradas.

 

Em caso de suspeita de micose, é necessário levar o seu bichinho o quanto antes ao veterinário, pois o profissional pode prescrever remédios para tratar do fungo, evitando sua disseminação.

5. Pulgas e Carrapatos 

Por fim, temos as famosas pulgas e carrapatos, que, frequentemente, estão se aproveitando dos corpos dos nossos bichinhos.

 

Apesar de as pulgas e os carrapatos não serem doenças, elas são agentes de vetores de outras doenças, ou seja, esses parasitas podem levar doenças para o corpo do nosso pet.

Como foi dito acima, atualmente existem muitos produtos no mercado para evitar as pulgas e os carrapatos. Coleiras, shampoos, hidratantes, sprays, pipetas e muitos outros utensílios antipulgas podem ser utilizados. 

 

Manter a frequência do banho e da higiene local, além de estar atento aos locais dos passeios também são de grande valia para evitar a disseminação de pulgas no nosso pet.

Como planejar uma viagem para a️ Patagônia Argentina

Região é conhecida por paisagens deslumbrantes, mas requer atenção na hora de programar cada detalhe

 

A América do Sul ainda é pouco explorada por turistas, especialmente os brasileiros, mas países como Argentina e Chile têm conquistado esse público nos últimos anos. No entanto, além de aproveitar para comprar com desconto as passagens com antecedência, o planejamento para regiões como a Patagônia requer um tempo a mais para ser feito.

 

Isso porque o destino turístico que atrai visitantes de todo o mundo é uma região pouco habitada e, portanto, exige que os viajantes contratem guias, passeios e hospedagem de acordo com o período de estadia, e claro, com o clima de cada época do ano.

 

Este artigo vai te dar algumas dicas de como planejar uma viagem para a Patagônia, para aproveitar ao máximo cada momento nesse destino surpreendente, sem ter que lidar com imprevistos, que podem ser evitados desde a compra das passagens. Acompanhe a seguir.

Patagônia: um deserto gelado entre o Chile e Argentina

A Patagônia é uma região pouco habitada, localizada entre o Chile e a Argentina. Seu principal atrativo são as paisagens que combinam vegetação baixa, geleiras gigantescas, vales com animais nativos e até mesmo praias.

 

A divisão entre os dois países é feita pela Cordilheira dos Andes, responsável por oferecer fotos que não deixam a desejar para a região dos Alpes Suíços e outros locais montanhosos da Europa e da Ásia.

 

O clima por lá varia muito ao longo do ano, sendo predominantemente frio. Em épocas de invernos mais rigorosos, os passeios ficam dificultados, já que o acesso à região é feito por estradas e trilhas.

Viagem para a Patagônia: como planejar a viagem perfeita

É importante ter em mente que o idioma falado na Patagônia é o espanhol. No lado argentino, o espanhol é um pouco diferente, mas todos os comércios e hospedagens falam inglês, o que facilita muito na hora de se comunicar e tirar todas as dúvidas sobre passeios e outras necessidades ao longo da viagem.

 

A melhor forma de ir até lá é de avião, que exige uma parada em Buenos Aires, o que pode ser uma vantagem para quem quer curtir a cidade antes de se isolar no paraíso gelado. As cidades de Ushuaia e El Calafate são os lugares que abrigam turistas e de onde os passeios saem para os locais possíveis de serem visitados.

Qual a melhor época do ano para visitar a Patagônia?

Tanto no inverno quanto no verão, o clima patagônico é bastante variável, o que significa que você pode pegar dias de sol, com boa visibilidade das paisagens, ou dias de frio intenso, com névoa e menor oferta de passeios. No verão, alguns dias possuem mais de 15 horas de sol, o que é um diferencial, especialmente para os brasileiros. 

Câmbio de dinheiro e custos

As cidades na Patagônia aceitam apenas o Peso Argentino, portanto é importante garantir a troca do seu dinheiro antes de viajar. Por ser um local meio inóspito, é indicado levar dinheiro em espécie, já que o sinal de celular e as máquinas de cartão podem ser bem fracos por lá, especialmente em períodos de nevasca.

 

Quanto aos custos, tudo vai depender da época da sua viagem e do tipo de roteiro escolhido. No verão, considerado alta temporada, os preços de hospedagens e passeios aumentam, enquanto no inverno é possível pagar mais barato em toda a viagem.

Mobilidade

As cidades de Ushuaia e El Calafate são grandes, mas não impedem que a locomoção seja feita a pé no centro de cada uma, com restaurantes, bares, hotéis e outras atividades funcionando ao longo do dia. Entretanto, as regiões turísticas ficam afastadas, o que requer a contratação de serviços de guias ou aluguel de carro.

 

O que você precisa saber sobre os gatilhos mentais

Para ampliar o potencial de vendas, quanto mais estratégias melhor, concorda? É por essa razão que é fundamental entender sobre os gatilhos mentais, artifício que pode ser usado em conteúdos dos mais diversos tipos, desde em um anúncio de um ímã de ferrite a um postblog.

O fato é que a estratégia usada no mundo do marketing funciona, quando bem utilizada, é claro. Por isso, criamos esse artigo para você saber tudo o que precisa sobre os gatilhos mentais. Venha conosco!

Read More

Como o uso de dados interfere na sua ação de marketing

Soluções tecnológicas diversas de geração de dados estão sendo cada vez mais incorporadas no meio empresarial, no qual eles são usados na tomada de decisões estratégicas.

Do mesmo modo que os dados são importantes para tomada de decisões empresariais, eles são para o marketing. Isso porque, por meio deles, é possível obter informações estratégicas que se transformam em insights que ajudam a melhorar a performance de campanhas, sejam elas de produtos comuns, como um armário de aço 2 portas ou mais complexos como equipamentos industriais, por exemplo.

Agora, siga o conteúdo para entender melhor como o uso de dados impacta nas ações de marketing.

Read More